Olá Santiago.

Depois de muito tempo me deu vontade de escrever neste blog, e por acaso, desativei o outro. x)

Então, hoje, queria contar um pouco da experiencia e de onde estou nesse momento, Santiago, Chile.

Vamos lá, Chile, um país relativamente conhecido por varios pontos turisticos, até bastante visitado, cheio de brasileiros, ‘en toda la calle’. Não posso dizer se antes do terremoto que todos conhecem era mais visitado, creio que sim, ainda há um certo medo a respeito de um próximo tremor como aquele.
A cidade de Santiago assim como seus arredores é bem interessante, sua parte histórica e turística tem seu encanto, porém, particularmente, não é isso que me atrai. Uma cidade para mim tem que ter variedade, tem que ter diversão, tudo a todo tempo, e não foi isso que vi em Santiago, e não é isso que você, leitor, verá, sinto lhe dizer.
Sair em Santiago é beem divertido, isso se voce gosta de ritmos latinos, digo, reggaetonn, se não, vá para nightclubs gays, é o que há de musica eletronica, dance e pop. As baladas aqui começam por volta de 23:30 e duram até no máximo( em caso de fins de semana e feriados) 5hs da manhã(em dias normais chegam a fechar por volta de 3:30 – 4hs, acreditem). Mas, as boates começam a bombar mesmo por volta de 1h – 2h da manhã, que é quando as pessoas sairam do ‘esquenta’ e vão ferver na night santiaguina.
Outro ponto a se destacar, comida, aqui voce não vai encontrar quase nada que tem no Brasil, de verdade, aqui voce vai sobreviver basicamente por, pão, batata e o ‘pollo’, frango, ah, e claro, abacate, que aqui se chama ‘palta’, sério, tudo nesse lugar eles inventam de colocar abacate, deprimente, tem abacate até no sanduiche, tipo, pão, salsicha, maionese e abacate, oi? como é isso? Uma alternativa pra quem está vindo passar férias, e não para morar, é comer fast-food, Mc Donalds, Burguer King, KFC, essas coisas.
Clima, super confuso, cheguei aqui em Santiago estava no inverno, super frio, claro, agora primavera, na teoria o clima seria mais quente e tudo mais, não, tem dias que mesmo na primavera, como ontem, faz 9º C, de dia e com sol, uma coisa inacreditável.
O que mais, ah, transporte, metro é muito útil, possui várias estações, linhas e é conservado, porém, transitar de táxi aqui é algo absurdamente barato,  voce vai de um lado para o outro da cidade, digo, de Santiago Centro, para a boate Las Urracas, que fica em um bairro bem distante, por cerca de 10mil pesos, o que equivale a quase 40 reais.
É isso, uma dica hiper importante, CUIDADO COM OS TÁXIS QUE SAEM DO AEROPORTO! Sempre peçam pra ligar o taximetro, nunca, mas nunca deixem se levar pela historia de preço fixo, é sempre mentira, experiencia própria.
Estou aqui fazendo intercâmbio universitário, creio que não tenha mencionado, 6 meses vivendo em Santiago. =D

Hasta luego, weon.

Anúncios
Esse post foi publicado em Curiosidades, Life, Trips e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Olá Santiago.

  1. Gabriel disse:

    O valor fixo de um taxi saindo do aeroporto não é um absurdo, algo como 15.000 que equivale a uns R$50. Em São Paulo o valor é o dobro.

  2. Alison disse:

    ‘O que mais, ah, transporte, metro é muito útil, possui várias estações, linhas e é conservado, porém, transitar de táxi aqui é algo absurdamente barato, voce vai de um lado para o outro da cidade, digo, de Santiago Centro, para a boate Las Urracas, que fica em um bairro bem distante, por cerca de 10mil pesos, o que equivale a quase 40 reais.’

    Não disse que era um absurdo de caro, e sim o contrário. :S
    Se enganou, desculpe.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s